sábado, 19 de fevereiro de 2011

Perfil da CBF no Twitter é hackeado e mostra notícia sobre acidente de suposta ex-amante de Ricardo Teixeira

Tudo indica que nesta manhã de 19/02 o perfil oficial da CBF no Twitter (@CBF_Futebol)  foi hackeado, tendo o primeiro tweet dos hackers sido postado mais ou menos às 10:30, que mencionava o nome “ Hackers América Manaus”.

Em seguida foi postado pelos Hackers o site http://www.futebolamazonense.com.br/2011/01/torcedores-do-america-vao-entrar-na.html, com link da notícia “Torcedores do América vão entrar na justiça contra a CBF”, a respeito da vaga do time de Manaus no Brasileiro da série C.

Logo após, foi postado o seguinte endereço eletrônico: http://radiodeverdade.com/blog/2010/08/05/o-%E2%80%9Cacidente%E2%80%9D-que-ricardo-teixeira-tentou-esconder/, que trata de um suposto esquema para encobrir a morte de uma ex-amante do poderoso Ricardo Teixeira, envolvida num acidente de carro na Flórida.

No referido site, vários indícios de ligação de Teixeira com a moça reforçam a tese que houve envolvimento do mesmo no ocorrido, aliado ao fato de que a morte da mulher foi amplamente encoberta pela mídia em geral. Frise-se que consta na notícia a palavra “acidente” entre aspas.

O carro que a jovem dirigia estava em nome de Teixeira, eles eram vizinhos na Flórida, e um mês após o acidente Teixeira vendeu o imóvel que constava no registro do veículo.

A notícia ainda relata que a suposta amante estaria causando incômodos a Teixeira, pois João Havelange, sogro dele à época, havia tomado conhecimento do caso.

No site, documentos, fotos e vídeo relativos ao caso.

O mais interessante é que tudo foi claramente mantido em segredo, até mesmo o enterro da jovem, no RJ.

Essa é a nossa CBF, demonstrado o seu poder extra-futebol, capaz até de acobertar mortes no exterior.

Bem, mortes duvidosas à parte, mediante a atuação dos Hackers, resta comprovada a fragilidade do Twitter e das redes sociais em geral, no que concerne segurança e privacidade, esta última já ignorada por grande parte dos usuários, que insistem em colocar na rede toda a sua vida, nos mínimos detalhes.

 

Fonte: Twitter, rádioverdade.com


Thiago Pena

Um comentário:

  1. Levaram cerca de duas horas pra corrigir o problema! Tudo ok já...

    ResponderExcluir